Ponto de encontro dos Ciclídeo maníacos
Bem vindo ao Fórum Ciclídeos BR!

O verdadeiro ponto de encontro dos Ciclídeo Maníacos.

Para visualizar as novas mensagens, clique em Login.

Se ainda não é membro, Registre-se.
Publicidade
O aquário do trimestre

Última publicação
Filtragem no Aquário
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» #7 - Aquarismo sem mi-mi-mi! Seu peixe é muito agressivo?
Dom Set 03, 2017 7:56 pm por Alexandre Krassuski

» Comunitário de 240 L
Qui Jul 20, 2017 1:39 pm por SJorge

» 480 L Ciclídeos Africanos
Ter Jul 18, 2017 2:44 pm por SJorge

» Sobre: mudanças no Layout e super lotação!
Dom Jul 16, 2017 3:38 pm por Alexandre Krassuski

» Como eu faço as minhas TPAs
Sex Jul 14, 2017 8:10 pm por Alexandre Krassuski

» Flowerhorn, papagaios, oscar e red devil Todos juntos?
Sex Jun 30, 2017 8:29 pm por Alexandre Krassuski

» Dúvida Aquário 108 Litros
Qua Jun 21, 2017 6:23 pm por SJorge

» Apresentação
Dom Jun 18, 2017 1:28 am por Edson Fortini

» Comunitário Tanganyika 270l - Ajuda sobre fauna
Sab Jun 03, 2017 2:49 pm por portuga86

Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Foto-concurso
https://www.facebook.com/119534308159638/photos/a.188113827968352.38199.119534308159638/295078133938587/?type=1

http://www.youtube.com/user/CiclideosBR

Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Alexandre Krassuski em Qui Fev 13, 2014 11:59 pm

O mercado capitalista multimilionário que mantém o aquarismo internacional e nacional não tem escrúpulos. E a busca do peixe “prefeito”me parece não ter limites. É preciso termos uma visão periférica, para entendermos que hoje em dia os híbridos e as raças.chamadas “puras”, são produtos de laboratórios e ponto final. Infelizmente, alguns aquaristas continuam batendo o pé, e dizendo que existe diferença (na teoria sim, mas na prática não podemos ser ingênuos). Não é estranho o número enorme de oscares,tucunarés, aruanãs e outros peixes ofertados largamente no mercado jumbista e que são fotocópias um dos outros? Na natureza não é bem assim. Quem teve a oportunidade de mergulhar na bacia do rio Amazonas, vai concordar comigo. Os nossos acarás discos selvagens no rio Amazonas, são muito diferentes dos quais encontramos nos pets das grandes metrópoles. Bem como as outras espécies que se tornaram moda nas lojas.
“Em um momento da minha vida.(quando eu estava na faculdade) entre os anos de 2001 a 2005, eu estive muito ligado com pesquisas e aprimoramentos comerciais de algumas espécies nativas. Se vocês tivessem visto o que eu vi, ouvido o que eu ouvi, não precisaria falar mais nada. Ainda bem que eu pude sair esse meio pouco ético.Não é de se espantar, a “epidemia” de relato do crescimento de tumores (e anomalias) na região dos cecos pilóricos, causados por prováveis misturas embrionárias de espécies carnívoras com outras para de talvez criar o seu peixe “de raça pura perfeita”, com a cor certa, com a aparência espelhada um do outro, do jeito que o mercado deseja. Talvez por utilização de alguns sintético? Ou será a mistura de características comercias? Deixo em aberto para sua reflexão.
Os peixes híbridos, bem com os peixes “pseudo puros” a muitos anos, são só uma sombra da sua da sua imagem natural. Como uma caricatura.do seu ancestral. E infelizmente, todas as caricaturas são pintadas com cores muito fortes! Sim cores muito fortes, chamativas e artificiais, bem como os nossos peixes de laboratório que vivem em nossos aquários.

Nota final

Gostaria de receber críticas e sugestões interessantes que joguem uma luz sobre o assunto. As citações que eu chamo respeitosamente, tipo as de “papagaio de pirata” (tais como: eu concordo com fulano, eu concordo, eu concordei primeiro, fui eu, fui eu!), sem acrescentar mais nada, não parecem ajudar, são palavras vazias. Mas se vai te fazer feliz agir assim, quero ouvir isso também. very good  Sei que vocês levam a sério a questão do aquarismo assim como eu. Me parece que existem pessoas feras nesse lugar, vamos tonar esse conhecimento acessível para todos?
Atenciosamente Alexandre Krassuski
avatar
Alexandre Krassuski
Amphilophus labiatus
Amphilophus labiatus

Mensagens : 301
Data de inscrição : 12/09/2013
Idade : 42
Localização : São Bernardo do Campo - SP (Brasil)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Edson Paveloski Junior em Sex Fev 14, 2014 1:34 am

Outro bom artigo, mas tem que tomar cuidado com generalizações, amigo. Não é todo peixe puro que passou por seleção artificial (os ditos apuramentos), principalmente as mais recentes no hobby. Também não foi bom usar o acará disco como exemplo do que é considerado puro, pois as variantes domésticas costumam surgir a partir de hibridismo entre diferentes espécies e subespécies de disco, seguido de processo de seleção para isolar características "desejáveis".

No mais, não sei se disponho de informações para comentar, mas penso ser algo bem colocado.

Abraço

_________________
Edson Paveloski Junior

avatar
Edson Paveloski Junior
Administrador
Administrador

Mensagens : 2436
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Jandira-SP

Ver perfil do usuário http://www.ciclideosbr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Alexandre Krassuski em Sex Fev 14, 2014 10:32 am

E-X-A-T-A-M-E-N-T-E! Paveloski, você está coberto de razão.
Você está certo...Sabe qual foi a minha intenção? Era conversarmos publicamente a respeito desses problemas do aquarismo moderno. Aqui em São Paulo ou na Europa, muitos  grandes laboratórios (você já ouviu falar até alguns laboratórios fabricantes de medicamentos?), estão unidos para desenvolver híbridos que são comercializados como “puros”. Pois o mercado de peixes ornamentais movimenta muita grana. Eu citei o acará disco por ser uma das espécies mais maculadas que eu conheço. Como disse, não sabemos mais o que é híbrido ou não.
 
Muito obrigado por ter enriquecido o tema.
 

Ateciosamente Krassuski
avatar
Alexandre Krassuski
Amphilophus labiatus
Amphilophus labiatus

Mensagens : 301
Data de inscrição : 12/09/2013
Idade : 42
Localização : São Bernardo do Campo - SP (Brasil)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Wladimyr em Sex Fev 14, 2014 5:21 pm

Talvez as mensagens de simples concordância ocorram pelo motivo dessas mesmas pessoas estarem saturadas de ter de explicar sua posição sobre uma opinião pessoal, entenda, este fórum não recrimina quem cria hybridos, apesar de um grupo de foristas não gostar, condenar ou não indicar essa montagem, temos essa sala especial dedicada aos hybridos, ao respeito as suas vidas e seu cuidado e a quem quiser criá-los, cuidar deles e mantê-los sadios todos aqui (inclusive os que torcem seus narizes para os hybridos) ajudarão sem demora.

Aqui não há preconceito, nenhuma opinião é vazia ou superficial, no mínimo quando algo é afirmado é porque se tem alguma comprovação de onde pode ser citada a(as) fontes.

Aqui no fórum, todos os dias aprendo coisas novas tanto sobre animais hybridos ou não, e graças aos amigos posso ter segurança em "tomar um partido" quando ao defender minha opinião, mas jamais deixarei de ajudar e até caso não haja opção salvar um exemplar hybrido.

Quanto aos animais hybridos vendidos como puros, o acará disco eu já sabia, mas recentemente por exemplo fui informado sobre os JDNB não serem hybridos e sim uma mutação natural fatal na natureza e que em aquários podem se desenvolver.

Alexandre Krassuski escreveu:Infelizmente, alguns aquaristas continuam batendo o pé, e dizendo que existe diferença (na teoria sim, mas na prática não podemos ser ingênuos).
Devo acrescentar que em nosso fórum respeitamos a opinião de cada um, e isso também é esperado dos outros, não adianta tentar forçar qualquer coisa, ou expor descontentamento pela opinião alheia, não se assuste se de repente pararem de opinar em algum tópico, isso acontece pois a comunicação escrita depende de quem lê e normalmente se algo for considerado agressivo poderá ser simplesmente ignorado, e se for contra qualquer regra do fórum acabará sofrendo alguma punição.


[]s

_________________
---------------------------------------------------
------------Meu Aquário de Oscares------------
---------------------------------------------------
----Criação de Caramujos e Lebistes----------
---------------------------------------------------
avatar
Wladimyr
Moderador
Moderador

Mensagens : 3255
Data de inscrição : 25/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Alexandre Krassuski em Sex Fev 14, 2014 6:17 pm

Boa tarde Waldimyr!
Muito obrigado pela sua observações. A matéria sobre o JDB (quando eu lí a uns meses atrás), me fez ficar de queixo caído. Nunca imaginei que ele fosse uma mutação natural. Impressionantes.
Fico feliz por tornar pública a sua posição em relação aos híbridos. Antes de resgatar esse meu 1º papagaio, eu sim, fui um dos muitos foreiros, que seria capaz de discriminar os aquaristas dos híbridos. Pôxa vida, deformar um ser para satisfazer o prazer bizarro dos aquaristas, sempre me deixou muito perturbado. Mas vê como o mundo dá voltas? Caraca, para salvar um filhote de papagaio (da morte lenta e certa) eu acabei virando um aquarista de híbridos. E assim já se passaram mais de 5 anos. Percebi que a minha missão era salvar outros e salvei mais uns 3 em situação semelhante. E os outros eu comprei mesmo, já fazem parte de minha caminhada.
Quero te pedir minhas sinceras desculpas, pois fiz uma leitura errada a seu respeito. Quero sempre contar com a sua ajuda e dos outros aquaristas quando minha falta de conhecimento gerar algum dano nos meus aquários.
Observei recentemente o seu aquário e quero te parabenizar pela excelência no seu projeto. Parabéns.
E assim como você, eu quero aprender sempre. Desde que me conheço por gente (a uns 25 anos ou mais), sempre fui apaixonado pelos peixes. E penso que nesse período eu mais errei do que acertei. Quando criança eu coletava uns lebistes e tentava mantê-los em potes grandes de maionese. Na minha infância, meu pai era um pescador esportista, e por várias vezes me lembro eu tentando salvar os peixes que chagavam vivos em casa. Uma vez me recordo que enchi uma caixa d´água que estava vazia no quintal, para tentar salvar o número maior possível de peixes kKK Desde criança eu não queria ver o peixe sucumbindo.

Com certeza estamos andando na mesma direção.


Att
Krassuski
avatar
Alexandre Krassuski
Amphilophus labiatus
Amphilophus labiatus

Mensagens : 301
Data de inscrição : 12/09/2013
Idade : 42
Localização : São Bernardo do Campo - SP (Brasil)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Wladimyr em Sex Fev 14, 2014 6:25 pm

very good  Mais uma vez parabéns pela saúde do peixe que conseguiu salvar, o assunto tratado em outro tópico mas em minha opinião demonstra o amor que temos pelos animais quando gastamos tempo e dinheiro para salvar nossos amiguinhos, sejam hybridos ou não.

[]s

_________________
---------------------------------------------------
------------Meu Aquário de Oscares------------
---------------------------------------------------
----Criação de Caramujos e Lebistes----------
---------------------------------------------------
avatar
Wladimyr
Moderador
Moderador

Mensagens : 3255
Data de inscrição : 25/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por raphabss em Sex Fev 14, 2014 8:38 pm

Olá amigos,


Não recrimino quem cria híbridos, porém não sou a favor deles (híbridos). Não curto a ideia de se cruzar espécies distintas para obter híbridos. Sou do tipo natural, mas não deixo de achar um FH bonito. Tenho até pensado em montar um aquário para um macho de FH.

Minha opinião!


Abraço a todos.
avatar
raphabss
Pseudotropheus demasoni
Pseudotropheus demasoni

Mensagens : 157
Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 33
Localização : Belford Roxo - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Emerson Souza Santos em Sab Fev 15, 2014 12:19 pm

Olá Alexandre,

Só tenho a dizer o que mencionei noutro tópico: Não sou contra híbridos, mas não sou admirador deles. Apuramentos é, infelizmente um fato muito comum no mercado do aquarismo. Mas tanto o hibridismo quanto o "apuramento" não é considerado um crime desde que todas essas práticas sejam muito bem conscientizadas e caracterizadas por quem o faz.

Independente de quais sejam as preferencias de um ou de outro aqui no fórum, ou em qualquer parte do mundo, o que nos une, nos torna incomum, semelhantes é o mesmo ideal: 
Cuidar de nossos peixes dando muito carinho, dedicação, amor, dispondo de tempo e cuidado para dar à eles todas as condições possíveis que sejam adequadas as espécies que apreciamos e queremos manter e poder admirar todas as características que ele tem (seja coloração, comportamento, agressividade, sociabilidade, reprodução, etc) e compartilhar com todas as pessoas que gostam de fazer do aquarismo, o mesmo que nós... um hobby extremamente agradável, consciente, responsável e prazeroso. 

Esse fórum é aberto ao aquarismo geral e não existe preço que pague quem faz do aquarismo um hobby consciente e procura tratar esses bichinhos da melhor maneira  possível.  Very Happy  very good

_________________
A precipitação é o início do fracasso e a paciência é o primeiro passo para o sucesso!!! Wink 

Tanganyika Village Aquarium - 144lts

M&Ms Mbunário Malawians - 280lts
avatar
Emerson Souza Santos
Administrador
Administrador

Mensagens : 3821
Data de inscrição : 17/08/2011
Idade : 27
Localização : Itaquera, São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por raphabss em Sab Fev 15, 2014 1:06 pm

Concordo Emerson,


Não é porque sou contra o hibridismo que vou tratá-los inadequadamente.
Enfim, devemos ter consciência.


Forte abraço a todos.
avatar
raphabss
Pseudotropheus demasoni
Pseudotropheus demasoni

Mensagens : 157
Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 33
Localização : Belford Roxo - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os meus, os seus, os nossos híbridos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum